INSTITUTO PORTUGUÊS DE PSICOLOGIA E OUTRAS CIÊNCIAS INSTITUTO PORTUGUÊS DE PSICOLOGIA E OUTRAS CIÊNCIAS
   
 
 
 
 
 
Formação acreditada
Psicologia • Medicina • Direito • Serviço Social • Desporto • Enfermagem • Criminologia • Terapeutas • Educadores • Professores • Economia/Gestão

O Instituto Português de Psicologia e Outras Ciências é uma escola que privilegia como público-alvo os psicólogos mas, também, outros grupos profissionais para quem a Psicologia pode constituir-se como uma mais-valia no que respeita à sua valorização profissional e académica.

Protagonizamos um ensino estrategicamente orientado para o mercado de trabalho, articulando sempre as componentes prática e teórica, de forma a habilitar para a capacidade de decisão e solução de problemas na sua vida profissional.

Testemunhos

Alunos da Pós-Graduação em Psicoterapias Cognitivo-Comportamentais de Terceira Geração na Universidade de Bangor – Inglaterra

Aproveito para agradecer a disponibilidade, profissionalismo e dedicação que todos os colaboradores do INSPSIC, sem excepção, do Porto e de Lisboa, tiveram para connosco. Foi um ano repleto de emoções, pessoais e profissionais, e esta pós-graduação foi o "fio condutor" de um desejo e necessidade - o conhecimento.

 

Aluna Pós-Graduação em Psicoterapias Cognitivo-Comportamentais na Infância e Adolescência 1ª Edição, 2013-2014

Alunos da Pós-Graduação em Psicoterapias Cognitivo-Comportamentais de Terceira Geração na Universidade de Bangor – Inglaterra

Considero ter havido uma seleção cuidada nos temas abordados tendo havido enfoque em relação aos principais problemas psicológicos que afetam as fases da infância e da adolescência. Considero-os a todos de grande utilidade para a minha formação profissional uma vez que me permitiram atualizar conhecimentos e fazer novas aprendizagens acerca de técnicas de intervenção. (...) talvez propusesse mais tempo para o tema das Perturbações de Humor, pois, apesar de muito bem apresentado, considero-o muito importante ... Na generalidade, criou-se empatia entre alunos e professores e notou-se a preocupação destes últimos em dar resposta às necessidades apresentadas pelos alunos, principalmente, em relação ao material facultado para o exercício da nossa atividade. E agora que quase terminámos (...) Não seria interessante ser criado um grupo para supervisão? (É só uma sugestão…) Da minha parte, a distância física que me separa de Lisboa não constitui impedimento para abraçar mais essa ideia… Da minha parte, despeço-me à moda bem beirã: Bem haja por tudo!

 

Aluna Pós-Graduação em Psicoterapias Cognitivo-Comportamentais na Infância e Adolescência 1ª Edição, 2013-2014