INSTITUTO PORTUGUÊS DE PSICOLOGIA E OUTRAS CIÊNCIAS INSTITUTO PORTUGUÊS DE PSICOLOGIA E OUTRAS CIÊNCIAS
   
Psicologia • Medicina • Direito • Serviço Social • Desporto • Enfermagem • Criminologia • Terapeutas • Educadores • Professores • Economia/Gestão

O Instituto Português de Psicologia e Outras Ciências é uma escola que privilegia como público-alvo os psicólogos mas, também, outros grupos profissionais para quem a Psicologia pode constituir-se como uma mais-valia no que respeita à sua valorização profissional e académica.

Protagonizamos um ensino estrategicamente orientado para o mercado de trabalho, articulando sempre as componentes prática e teórica, de forma a habilitar para a capacidade de decisão e solução de problemas na sua vida profissional.

PÓS-GRADUAÇÃO EM PROMOÇÃO E PROTEÇÃO DAS CRIANÇAS E JOVENS EM RISCO/PERIGO

 


								PÓS-GRADUAÇÃO EM PROMOÇÃO E PROTEÇÃO DAS CRIANÇAS E JOVENS EM RISCO/PERIGO

INSCRIÇÕES PIONEIRAS: 18% de Desconto nas propinas: Porto e Livestream até 16-08-2018

 

Destinatários:
Estudantes e Profissionais das Áreas das Ciências Humanas e Sociais: Psicologia, Serviço Social, Criminologia, Sociologia, Direito, Educação; Educação Social, entre outros; e das Ciências da Saúde: Medicina, Enfermagem, entre outros. Todos/as aqueles/as que tenham um especial interesse por estas matérias.

DATA LIMITE DE INSCRIÇÃO: 10-09-2018

CERTIFICAÇÃO INSTITUTO RECONHECIDO
coordenador Europlat

 

DESCRIÇÃO

COORDENAÇÃO CIENTÍFICA:
coordenador 
PROFESSORA DOUTORA MADALENA SOFIA OLIVEIRA // MESTRE ANA MARQUES SANTOS


COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA:

Dr. José Pinto Gouveia

Destinatários:
Estudantes e Profissionais das Áreas das Ciências Humanas e Sociais: Psicologia, Serviço Social, Criminologia, Sociologia, Direito, Educação; Educação Social, entre outros; e das Ciências da Saúde: Medicina, Enfermagem, entre outros. Todos/as aqueles/as que tenham um especial interesse por estas matérias.

 

SAÍDAS PROFISSIONAIS

Com a conclusão desta pós-graduação, os formandos poderão exercer funções em entidades de primeira linha: IPSS, Misericórdias, Mutualidades, Fundações, Escolas, Hospitais, Centros de Saúde, Autarquias, bem como em Comissões de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ), Equipas Multidisciplinares de Assessoria aos Tribunais (EMAT).

Mensagem das coordenadoras científicas do curso:

A problemática dos abusos e negligência em crianças e jovens em Portugal, tem vindo, ao longo das últimas décadas, a obter um enorme reconhecimento por parte da comunidade académica, dos órgãos de poder e da sociedade em geral. Com esta Pós-Graduação, pretendemos dotar os diversos profissionais de formação especializada, por forma a garantir uma cabal intervenção, garantindo que todos os princípios éticos sejam respeitados. A necessidade de formar profissionais para o exercício pleno das suas funções nas várias entidades que trabalham com crianças e jovens em risco/perigo é o enfoque principal do nosso trabalho. Informar/formar/sensibilizar é uma das melhores formas de trabalho, pois como é do conhecimento de todos/as: é melhor prevenir do que remediar o dano.

Professora Doutora Madalena Sofia Oliveira
Mestre Ana Marques dos Santos

OBJETIVOS:

Capacitar profissionais e estudantes para a intervenção conceptual e prática na problemática das crianças e jovens e risco, através de um aprofundamento científico multidisciplinar, nomeadamente:
Identificar os diversos contextos de ocorrência de maus tratos;
Adquirir noções relativas no âmbito das competências de intervenção com crianças e jovens em risco/perigo;
Identificar os principais diplomas legais desta área por forma a como uma ferramenta de trabalho;
Conhecer e capacitar para a aquisição de competências para intervir em crianças e jovens em risco/perigo;
Adquirir estratégias para intervir com famílias: competências parentais;
Identificar estratégias na mediação e gestão de conflitos;
Reconhecer problemáticas como a violência no namoro, o bullying e a agressão em contexto escolar e identificar as principais estratégias de intervenção.
Conhecer procedimentos, estratégias e instrumentos de trabalho na área das crianças e jovens em risco/perigo.
Identificar e conhecer os principais fatores de risco para a ocorrência de violência no namoro.

COMPETÊNCIAS A ADQUIRIR:

Formação científica rigorosa, atualizada e completa sobre promoção e proteção dos direitos da criança;
Competências na elaboração de propostas de intervenção;
Competências na aquisição de uma atitude ética e deontológica em função da problemática;
Desenvolvimento de capacidade reflexiva crítica.

METODOLOGIA DE ENSINO:

A formação será organizada numa perspectiva teórico-prática, com recurso a suporte audiovisual e participação ativa dos alunos em todas as atividades propostas. Versará a apresentação e discussão de temas específicos relacionados com os direitos das crianças e a sua promoção e proteção, bem como a discussão/utilização de casos práticos.

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO:

Assistência e participação mínima em pelo menos 75% da duração o plano curricular obrigatório;
- Trabalho individual sobre umas das temáticas ministradas na Pós-Graduação

PLANO CURRICULAR

Conferência Inaugural- (2h)
Abusos e negligência. O que é e o que não é?

Módulo (8 horas)
Infância e juventude
Evolução histórica do conceito de criança e seus direitos
Conceitos e definições
Fatores de Risco/Protetores
Sinais de alarme
Impacto dos maus-tratos

Módulo (8h)
Evolução do sistema de Promoção e Proteção em Portugal
A génese das CPM
Âmbito e competências das ECMIJ no Sistema de Promoção e Proteção
Natureza e competências das CPCJ
Intervenção judicial
Medidas de Promoção e Proteção
Participação em artes e espetáculos

Módulo (8 horas)
Direito da Família e Menores

Direitos Fundamentais e Processos tutelares cíveis
Responsabilidades Parentais
Adoção
Apadrinhamento Civil

Módulo (16 horas)
Intervenção e atendimento de casos

Orientações relativas aos processos de sinalização
Métodos e técnicas de atendimento à criança/família
Instrumentos que possam facilitar o processo de avaliação diagnóstica
Orientações que facilitem o processo de avaliação das situações de perigo
Questões ético-deontológicas

Módulo (8 horas)
Práticas para a intervenção com crianças e jovens
Contextos, modelos e instrumentos de intervenção
Tipos de intervenção: individual e grupal

Módulo (16 horas)
Práticas para a intervenção com famílias
Conceitos e definições no âmbito das competências parentais e educação parental
Modelos, programas e instrumentos de avaliação de competências parentais

Módulo (16 horas)
Comportamentos antissociais e Delinquência Juvenil
Enquadramento legal
Perfis
Fatores de risco
Estratégias/programas e abordagens

Módulo (8 horas)
Violência na escola
Intervenção sobre a problemática em contexto educativo
Metodologias de intervenção em contexto escolar
Estratégias promotoras de ambientes seguros

Módulo (8 horas)
Gestão de conflitos e mediação
Abordagem especifica à gestão de conflitos
Mediação de conflitos da família ao contexto escolar
Estratégias de intervenção

Módulo (8 horas)
Violência no namoro & stalking
Vitimação: género e idade
Relação agressor/vítima
Fatores mediadores para a agressão e vitimação
Dinâmicas e estratégias de intervenção

Módulo (8 horas)
Visitas Institucionais

CORPO DOCENTE

 

PROFESSORA DOUTORA MADALENA SOFIA OLIVEIRA

Professora Doutora Madalena Sofia Oliveira é doutora na especialidade de Psicologia e licenciada em Serviço Social . Especialista e mestre em Ciências Forenses pela FMUP, onde leciona, enquanto externa. Colabora, ainda, na qualidade de Professora Auxiliar Convidada no IUCS-CESPU e no Instituto Superior de Ciências Jurídicas e Sociais (Cabo Verde). Atua, como assistente social, formadora, consultora e supervisora pedagógica nas áreas social e forense. É juíza social no Tribunal de Família e Menores do Porto. Na Associação Portuguesa de Ciências Forenses (APCF) assume a coordenação do Serviço Social Forense; e é membro da direção da Associação de Investigação e Promoção da Economia Social (AIPES). Do seu percurso profissional destaca-se a experiência, em entidades públicas e privadas, na intervenção com vítimas de crimes; com crianças e jovens em risco/perigo, no sistema de promoção e proteção e tutelares educativos; a intervenção psicossocial em contextos multiproblemáticos e vulneráveis; e na atuação, reabilitação e reintegração física, económica e social de vítimas em que resulte grave afetação da funcionalidade. Dedica-se ao estudo da violência nas relações de intimidade, violência familiar, violência de género, transmissão intergeracional da violência, promoção e proteção dos direitos da criança e famílias multiproblemáticas, tendo daí resultados diversas publicações e apresentações em congressos nacionais e internacionais, e o livro Transmissão Intergeracional da Violência editado pela Chiado Editora. Possui uma vasta experiência formativa, tendo sido docente/formadora de centenas de profissionais da educação, saúde e ação social; nas áreas psicossocial e forense, em diversos contextos, e neste âmbito coordenado mais de uma dezena de pós-graduações.

Mestre Ana Marques dos Santos

É mestre em Intervenção Social na Infância e Juventude em Risco de Exclusão Social pelo Instituto Superior de Serviço Social do Porto. Pós-Graduada em Perspetivas Europeias sobre a Inclusão Social pela FPCE-UP. Licenciada em Ciências da Educação na FPCE-UP. Licenciada em Animação Sociocultural. Formadora na área da animação sociocultural, organização e gestão de projeto, psicossociologia e desenvolvimento comunitário. Certificado de Aptidão Profissional (IEFP); Formadora (PF2) do Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua da Universidade do Minho. Foi docente convidada do ISPGAYA na Pós-Graduação em Criminologia. Técnica Superior do Município de V. N. de Gaia. Vice-Presidente da CPCJ V. N. de Gaia (2005-2010). Presidente da CPCJ V. N. de Gaia Sul (2010-2017). Elaboração de Relatórios Semestrais e Anuais da Atividade da CPCJ. Organização das Comemorações do 20º e do 25º Aniversário da Convenção dos Direitos da Criança (2009). Organização das Atividades do Mês da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância (2010-2017). Participação nos Encontros Anuais de Avaliação da Atividade das CPCJ. Convidada pelo Instituto Padre António Vieira/Universidade Católica Portuguesa no fórum “Governação Integrada”. Organização de Ações de Formação para docentes do 3.º ciclo e ensino secundário. Representante no Conselho Consultivo da Saúde e Conselhos Municipais da Educação, Segurança e Juventude do Município. Palestrante e Conferencista em seminários, conferências e ações de formação. Elaboração de pareceres no âmbito do desenvolvimento de projetos de prevenção da exclusão social e delinquência juvenil. Orientadora de estágios curriculares e profissionais na área das ciências sociais e humanas.

Professora Doutora Andreia Azevedo

É doutorada em Psicologia, na área Clínica pela FPCE-UC. Faz parte da Equipa de Investigação do Projeto Anos Incríveis da FPCE-UC, tendo participado em dois projetos de implementação e disseminação do programa Anos Incríveis para pais e educadores de infância em Portugal, na zona centro. É mentora em formação no programa Anos Incríveis para Pais, supervisora credenciada de líderes de grupos de pais, facilitadora do programa para educadores/professores. É formadora de profissionais em áreas como a intervenção com pais, competências parentais, PHDA e outras problemáticas da infância. Atualmente exerce a sua atividade profissional, como Psicóloga Clínica no Psikontacto, em Coimbra. É Consultora Científica na Associação Pais como Nós onde dá suporte a futuros líderes de grupos de pais como formadora e supervisora.

Professora Doutora Tatiana Carvalho Homem

é doutorada em Psicologia, na área Clínica pela FPCE-UC. Faz parte da Equipa de Investigação do Projeto Anos Incríveis da FPCE-UC, tendo participado em dois projetos de implementação e disseminação do programa Anos Incríveis para pais e educadores de infância em Portugal, na zona centro. É mentora em formação no programa Anos Incríveis para Pais, supervisora credenciada de líderes de grupos de pais, facilitadora do programa para educadores/professores. É formadora de profissionais em áreas como a intervenção com pais, competências parentais, PHDA e outras problemáticas da infância. Atualmente exerce a sua atividade profissional, como Psicóloga Clínica no Psikontacto, em Coimbra. É Consultora Científica na Associação Pais como Nós onde dá suporte a futuros líderes de grupos de pais como formadora e supervisora.

Professor Doutor Pedro Cunha

Pós-Doutorado em Psicologia na Universidade de Santiago de Compostela, sob orientação dos Profs. Doutores Gonzalo Serrano (Espanha) e Jorge Correia Jesuíno (Portugal), tendo-se dedicado à relação entre género e estilos de gestão de conflito. Doutor em Psicologia pela USC (tendo sido bolseiro da Fundação para a Ciência e Tecnologia). Licenciado e Mestre em Psicologia Clínica e da Saúde pela Faculdade de Educação e Psicologia da Universidade Católica Portuguesa do Porto. Licenciado em Sociologia pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Certificado de Mediador de Conflitos e Mediador Familiar. Diretor da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Fernando Pessoa (2001-2004), na qual é Professor Associado com Agregação. Docente convidado da FEP – Faculdade de Economia e na PBS/Porto Business School da Universidade do Porto, desde 2006/07. Autor de vários artigos sobre gestão de conflitos, negociação e mediação em Revistas nacionais e estrangeiras. Autor de “Conflito e Negociação” (2008, 2ª edição, Porto: Asa). Co-autor de “Processos de Grupo: Um Manual para Estudantes e Profissionais“ (2016, Gaia: Fundação Manuel Leão) e “Manual de Gestão Construtiva de Conflitos (2016, 3ª edição, Porto: Edições UFP). Editor/organizador, entre outros, de “Construir a Paz: Visões Interdisciplinares e Internacionais sobre Conhecimentos e Práticas” (2012, Porto: Edições UFP, 4 volumes), “Mediação: Uma Forma Alternativa de Resolução de Conflitos - Actas do Colóquio” (2004, Porto: Edições UFP) e “Mediação: Reflexões sobre Práticas - Actas do II Colóquio sobre Mediação” (2010, 2ª Edição, Porto: Edições UFP). Desde há cerca de 20 anos que os seus interesses profissionais e de investigação se direccionam prioritariamente para as áreas de gestão de conflitos, negociação e mediação em diferentes âmbitos da vida social.

Dr. Hugo Alves Cruz

Desenvolve o seu trabalho no espaço de cruzamento da criação artística e participação em contextos diversos (escolas, prisões, bairros sociais, IPSS´s, lares de infância e juventude, casas do povo, entre outros). Licenciado em Psicologia e Pós-Graduado em Consulta Psicológica Familiar pela Universidade do Porto e em Teatro Social e Intervenção Socio-Educativa pela Universidade Ramon Llull - Barcelona. Co-fundador da PELE e do NTO Porto. Fundador da Nómada_Art & Public Space. Professor na ESMAE e Investigador do IELT– UNL. Dirigiu diversos espetáculos apresentados no âmbito do Festival Imaginarius, FITEI, Manobras, Capital Europeia da Cultura 2012, TNSJ, Casa da Música, TNDMII, entre outros. Foi Diretor Artístico do Festival Imaginarius. Consultor Artístico no âmbito da programação de rua do Festival de Teatro de Almada. Programador na área das Artes Performativas no Espaço MIRA e da Mostra de Criação Contemporânea Portuguesa (Brasil). Diretor Artístico do MEXE:_Encontro Internacional de Arte e Comunidade. Foi consultor no âmbito do Programa de Desenvolvimento Humano - FCG, na área da educação parental e crianças e jovens em risco. Leciona com frequência em diversas instituições nacionais e estrangeiras e publica no âmbito das "Práticas Artísticas Comunitárias” , “Criação Artística e Espaço Público”, “Educação Parental” e “Crianças e Jovens em Risco”. Coordenador do livro “Arte e Comunidade” editado pela Fundação Calouste Gulbenkian.

Drª Fátima Bigail

É advogada com prática processual efetiva há quase 20 anos, com intervenção nas mais diversas áreas do Direito (Civil, Penal, Comercial, Fiscal e Administrativo); Intervenção especializada na área da jurisdição de menores: acompanhamento e instrução de Processos de Adoção; Processos Tutelares Cíveis e Apadrinhamento Civil. Contacto efetivo com a realidade relativa ao mundo da criança e do jovem, nomeadamente o contacto com famílias, bem como as problemáticas em torno desta.

Professor Doutor Francisco Machado

Psicólogo, licenciado pelo Instituto Universitário da Maia (ISMAI) e doutorado pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto e especializado na área de Psicologia Escolar e da Educação. Exerce como Psicólogo, em regime de prática privada desde 2000. Professor auxiliar e investigador no ISMAI, desde 2001, tendo leccionado em diversos ciclos de estudo, mas com maior incidência sobre a licenciatura em Psicologia e nos mestrados de Psicologia Escolar e da Educação , Psicologia Clínica e da Saúde e Psicologia da Justiça. Atualmente é supervisor de estágios académicos e profissionais na área da Psicologia Escolar, tendo já desempenhado as mesmas funções na área da Psicologia Clínica e da Saúde. Coordenador do mestrado de Psicologia Escolar e da Educação do ISMAI e do grupo de investigação de Psicologia Escolar, da Educação e Desenvolvimento, dedicado ao estudo da Aceitação-Rejeição Interpessoal, Parentalidade, Violência Escolar e Orientação Vocacional. Publicou diversos artigos nacionais e internacionais, com especial foco sobre a psicologia da família, psicologia vocacional e psicologia da educação. É investigador integrado do Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX da Universidade de Coimbra (CEIS20) e Presidente-Eleito da Sociedade Internacional para o Estudo da Aceitação-Rejeição Interpessoal (ISIPAR).

Professora Doutora Teresa Magalhães

Doutorada em medicina social com agregação em sociologia médica pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto. Professora Catedrática do Instituto Universitário de Ciências da Saúde – CESPU. Professora da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto responsável pela área de Medicina Legal e Ciências Forenses. Presidente da Sociedade Portuguesa para o Estudo da Criança Abusada e Negligenciada (SPECAN). Diretora da Delegação do Norte do Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses, I.P. (2001-2014).

 

CALENDARIZAÇÃO E LOCALIZAÇÃO

Duração: 114h

 

CALENDARIZAÇÃO

PORTO LIVESTREAM

29 de Setembro de 2018;

27 de Outubro de 2018;

17 de Novembro de 2018;

15 de Dezembro de 2018;

12 e 26  de Janeiro de 2019;

09 e 23 de Fevereiro de 2019;

09 e 23 de Março de 2019;

13 de Abril de 2019;

11 e 25 de Maio de 2019;

08 de Junho de 2019.

29 de Setembro de 2018;

27 de Outubro de 2018;

17 de Novembro de 2018;

15 de Dezembro de 2018;

12 e 26 de Janeiro de 2019;

09 e 23 de Fevereiro de 2019;

09 e 23 de Março de 2019;

13 de Abril de 2019;

11 e 25 de Maio de 2019;

08 de Junho de 2019.

Instituto Português de Psicologia e Outras Ciências

Rua de Camões, nº 219 - 5º Piso

4000-145 Porto

Plataforma Online do

Instituto Português de Psicologia

e Outras Ciências

 

Nota: datas sujeitas a eventuais alterações.
Horário: Das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00

 

INVESTIMENTO

Inscrição: 150,00€
Propina: 1.250,00€
Seguro escolar: 20,00€
Condições de pagamento Pronto pagamento Pagamento fracionado
12% desconto 12 mensalidades
Normal Inscrição +
+ 1.100,00€ (1)
Inscrição
+ 104,20€ / mês (1)
(Ex) Alunos do INSPSIC (15% desconto no p.p.) Inscrição
+ 1.062,50€ (2)
Inscrição
+ 93,80€ / mês (2)

(1) Pronto pagamento beneficia de 12% de desconto nas propinas. Desconto aplicável na condição de ser efectivada a liquidação total do investimento nos 5 dias úteis pós validação da inscrição.

(2) Alunos e ex-alunos do INSPSIC beneficiam de 15% desconto na propina (opção pronto pagamento) ou 10% de desconto na opção pagamento fraccionado em mensalidades.

(3) Estudantes externos e temporariamente inativos beneficiam de 12% na opção pronto pagamento e também na opção pagamento fracionado em mensalidades.

(4) TRAGA UM AMIGO / 5% desconto por cada amigo até ao limite do pagamento integral da Pós-Graduação / Curso. Opção acumulável com outros descontos em vigor.

- INSCRIÇÕES PIONEIRAS: 18% desconto nas propinas se realizadas até 45 dias antes da data inicial do Curso / Pós-Graduação.

Nenhum desconto, cartão ou campanha é acumulável entre si, excepto Com a opção "TRAGA UM AMIGO".

O Curso com “preço especial” é cumulativo apenas com a opção "TRAGA UM AMIGO".

Seguro Escolar: 20 euros. Este valor deverá ser regularizado conjuntamente com a 1ª propina ou com o pronto pagamento.

Seguro Escolar: 8 euros. Este valor deverá ser regularizado conjuntamente com a 1ª propina ou com o pronto pagamento dos cursos com duração inferior a 24 horas.

Pagamento por transferência para o IBAN: PT50 0033 0000 4541 1532 8050 5

SWIFT/BIC: BCOMPTPL

 

Observações:
(1) A data limite poderá ser antecipada em caso de se verificar o preenchimento do limite de vagas existentes.
(2) Na eventualidade de não atingir o número mínimo de participantes, esta pós-graduação poderá sofrer alteração de datas ou mesmo ser cancelada, ficando salvaguardada a devolução de todas as importâncias recebidas pelo Instituto Português de Psicologia;
(3) Em caso de desistência só haverá lugar à devolução da candidatura quando a mesma for comunicada até 10 dias úteis antes da data agendada para o arranque da formação.
(4) Em períodos de campanha, haverá lugar à devolução dos valores investidos unicamente em situação de adiamento superior a 30 dias ou cancelamento da Pós-Graduação ou Curso em que se tenha inscrito motivado pelo não atingimento do número mínimo de inscrições necessárias ao seu início;
(5) No caso de optar pelo pagamento fracionado das propinas, o mesmo deverá ser efetuado até ao dia 10 de cada mês, após início da formação;
(6) No caso de optar pelo pagamento na totalidade, o mesmo terá de ser efetuado nos 5 dias úteis após validação da inscrição;
(7) O local de formação poderá estar sujeito a alterações por indisponibilidade do mesmo, mantendo-se sempre na mesma cidade;
(8) O Instituto Português de Psicologia reserva-se ao direito de não admissão.
(9) Toda a informação contida em cada formação é válida, salvo anomalia técnica, informática ou erro gráfico;

 

Cursos Relacionados

Testemunhos