ESPECIALIZAÇÃO AVANÇADA PÓS-UNIVERSITÁRIA EM INTERVENÇÃO PSICOSSOCIAL AFIRMATIVA COM PESSOAS LGBTQ+
- Advanced Professional Program -
Partilhar

ESPECIALIZAÇÃO AVANÇADA PÓS-UNIVERSITÁRIA EM INTERVENÇÃO PSICOSSOCIAL AFIRMATIVA COM PESSOAS LGBTQ+

- Advanced Professional Program -

Especialização para Psicólogos

Acreditação

undefined

69 créditos

Formação Certíficada

undefined

undefined

Instituto Reconhecido

undefined

Lisboa -15 Out. 2022- Inscrições Abertas

Porto -22 Out. 2022- Inscrições Abertas

Livestream / Online -22 Out. 2022- Inscrições Abertas

INSCRIÇÕES PIONEIRAS - 18% de Desconto nas propinas: Lisboa até 31 Ago. 2022 / Porto até 07 Set. 2022 / Livestream / Online até 07 Set. 2022

(inscrições realizadas até 45 dias antes da data inicial da formação)

 

DATA LIMITE DE INSCRIÇÃO:  Porto, Livestream / Online: 02-10-2022 | Lisboa: 25-09-2022

O que é o LIVESTREAM / ONLINE?

Trata-se de uma tecnologia que permite aos formandos do Instituto Português de Psicologia e Outras Ciências assistir EM DIRETO à formação a partir de qualquer ponto do país / do mundo.

Os alunos durante todo o curso da aula contam com o suporte personalizado do nosso apoio técnico.

Têm ainda a possibilidade de assistir até 25% das aulas, em regime presencial, sem custos adicionais.

ENSINO SUPERIOR

Tendo em vista o prosseguimento de estudos para a obtenção do grau académico de mestrado ou de doutoramento, os estabelecimentos de ensino superior poderão após apreciação, creditar em ECTS (European Credits Transfer System) os cursos concluídos com aproveitamento, ministrados pelo INSPSIC (artigo 45.º do Decreto-Lei n.º 74/2006, de 24 de Março, alterado pelo Decreto-Lei n.º 107/2008, de 25 de Junho).

DESTINATÁRIOS

Psicólogos, Psicólogos Juniores.

DESCRIÇÃO

Coordenação Científica

Jorge Gato

Jorge Gato, Professor Doutor

Jorge Gato é Licenciado em Psicologia e Mestre em Psicologia Clínica Cognitivo-Comportamental e Sistémica pela Universidade de Coimbra. Doutorou-se em Psicologia na Universidade do Porto, com uma tese sobre homoparentalidade. É Terapeuta Sistémico e Familiar pela Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar e especialista em Psicologia Clínica e da Saúde pela Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP), com Especialidade Avançada em Psicoterapia pela OPP. Atualmente é Investigador no Centro de Psicologia da Universidade do Porto. Os seus interesses de investigação repartem-se pela Psicologia LGBTQ+, Família e Género, assuntos sobre os quais tem publicado a nível nacional e internacional. Está convicto de que os/as psicólogos/as têm um papel imprescindível na sociedade contemporânea, quer a nível da promoção da mudança pessoal, quer da mudança social. Nesta medida, além do trabalho clínico e de investigação, intervém ativamente na defesa dos direitos humanos das pessoas LGBTQ+.

 

Coordenação Pedagógica

José Pinto Gouveia, Dr.

Director e Coordenador Pedagógico do Instituto Português de Psicologia. Psicólogo.

 

Mensagem da Coordenação Científica

 

Objetivos gerais

A Especialização Avançada Pós-Universitária em Intervenção Psicossocial Afirmativa com Pessoas LGBTQ+ pretende promover a aquisição de conhecimentos avançados e a promoção de competências de avaliação e intervenção psicossocial com pessoas de minorias sexuais e de género. Tendo por base o modelo do stress das minorias e o modelo ecológico, os conteúdos programáticos desta especialização são afirmativos da diversidade sexual e de género, problematizando o estigma social e a forma como este é vivenciado pelas pessoas LGBTQ+ nos seus diversos contextos relacionais e numa perspetiva de ciclo de vida.

 

Metodologia de avaliação

Teste final.

Para conclusão da Especialização com aproveitamento, os formandos deverão ter uma assiduidade não inferior a 75% e uma classificação mínima de 9.5 valores, numa escala de 0 a 20 valores.

Conteúdos, metodologias de formação e formas de organização

A formação será organizada numa perspetiva teórico-prática, utilizando o método expositivo, ativo, interrogativo e demonstrativo, com recurso a suporte audiovisual, discussão de caso e participação ativa do aluno.

SAÍDAS PROFISSIONAIS

Após a conclusão desta Especialização Avançada Pós-Universitária com aproveitamento, o/a profissional será capaz de intervir afirmativamente sobre a temática LGBTQ+ nos seguintes contextos:

  • Consultório;
  • Estabelecimentos escolares;
  • Entidades públicas e privadas nos domínios da Saúde;
  • Apoio especializado a problemáticas associadas à saúde sexual e reprodutiva;
  • Apoio a projetos de capacitação das pessoas e famílias LGBTQ+;
  • Assessoria a planos de igualdade em empresas e instituições públicas. 

PLANO CURRICULAR

Módulo 1 – Introdução: diversidade sexual e de género e intervenção afirmativa com pessoas LGBTQ+

  • Identidades sexuais e de género LGBTQ+
    • Carácter multidimensional e não-linear das identidades LGBTQ+
  • Da doença à autodeterminação
    • Patologização e despatologização das identidades LGBTQ+
    • Pessoas LGBTQ+ em Portugal: entre a igualdade legal e a invisibilidade
    • O Modelo do Stress Minoritário
  • Intervenção afirmativa com pessoas LGBTQ+
    • Modelo das competências culturais e princípios da intervenção afirmativa com pessoas LGBTQ+
    • Linhas de orientação para a prática profissional no âmbito da intervenção psicossocial com pessoas LGBTQ+
    • Disputando o heterossexismo, a cisheteronormatividade e o privilégio cisheterossexual

Módulo 2 – Utilização de linguagem inclusiva e especificidades de investigação com população LGBTQ+

  • A investigação com a população LGBTQ+
  • Linguagem inclusiva: teoria e prática
  • Estratégias e guias para a prática de investigação com pessoas LGBTQ+

Módulo 3 – Direitos LGBTQ+ em Portugal

  • Breve apresentação do módulo: Conteúdos, estratégias e objetivos
  • Percurso histórico em torno dos direitos das pessoas LGBTQ+ de um ponto de vista jurídico-sociológico
  • Em letra de lei: A evolução legislativa em torno dos direitos pessoais e familiares das identidades LGBTQ+
  • Leis antidiscriminatórias
  • Direitos Familiares
  • Direitos Pessoais
  • Desafios futuros

Módulo 4 – Identidades LGBTQ+ ao longo do ciclo de vida: do coming out ao envelhecimento

  • Jovens, coming out e desenvolvimento da identidade
    • Modelos de desenvolvimento da identidade LGBTQ+
    • Fluidez sexual
    • Revelação à família e aos amigos
  • Adultez emergente e seus desafios
  • Adultez média e seus desafios
  • Envelhecimento e 3ª idade
    • Estilos de envelhecimento
    • Questões de saúde e psicossociais na 3ª idade
    • Luto e morte

Módulo 5 – Especificidades da intervenção com crianças, jovens e pessoas adultas trans e não binárias

  • Orientações para o trabalho psicossocial e educativo com pessoas trans e não-binárias
    • Entendimento das várias manifestações trans e não-binárias na infância – intervenção a nível a familiar no sentido de se promover uma transição social
    • Apoiar os/as jovens na exploração das suas identidades e identificar as necessidades individuais ao nível médico, escolar e familiar (importância dos grupos de pais/mães/tutores/as legais)
    • Promover a saúde mental das pessoas adultas trans e não binárias – articulação com os serviços necessários para o processo de transição

Módulo 6 – Introdução: intervenção em contexto escolar com crianças e jovens LGBTQ+

  • Especificidade das experiências de jovens LGBTQ+ em contexto escolar
    • Principais conceitos
    • Visibilidade e discriminação
    • Evidências de estudos
  • Bullying homofóbico e transfóbico: como identificar, como agir
  • Qual o papel das escolas? Pressupostos e enquadramento legal
  • Estratégias de intervenção, recursos e práticas

Módulo 7 - Especificidades em cuidados de saúde com pessoas LGBTQ+

  • Interseccionalidade na saúde da população LGBTQ+
  • Acolhimento da população LGBTQ+ nos serviços de saúde
    • Heteronormatividade na prática clínica
    • Formação e adaptação da linguagem dos serviços de saúde
    • Organização das famílias nos ficheiros dos serviços de saúde
  • História clínica e exame objetivo em pessoas LGBTQ+
    • Pessoas LGB
    • Pessoas transgénero
    • Pessoas intersexuais
  • Coming Out
    • Abordagem das pessoas LGBTQ+
    • Abordagem dos pais de pessoas LGBTQ+
  • Parentalidade e gravidez em famílias homoafetivas
  • Abordagem das famílias homoparentais em cuidados de saúde primários
  • Consumos
    • Tabagismo
    • Consumo de álcool e de drogas
  • Peso, imagem corporal e doenças do comportamento alimentar
  • Doença mental e suicídio
  • Oportunidades de comunicação na colheita da história numa Infeção sexualmente transmissível
  • Doença oncológica
    • Pessoas LGB
    • Pessoas transgénero
  • Especificidades em saúde das pessoas transgénero
  • Patologias de prevalência aumentada
    • Pessoas LGB
    • Pessoas transgénero

Módulo 8 – Intervenção em saúde sexual na população LGBTQI

  • Saúde Sexual: componente integrante da avaliação geral em saúde
  • O stress das minorias e suas consequências traumáticas
  • A desigualdade nos indicadores de saúde e interação sindémica da saúde sexual, mental e uso de substâncias na população LGBTQI
  • Barreiras individuais, socioculturais e sistémicas no acesso aos cuidados de saúde
  • Boas práticas na prestação de cuidados; estratégias de comunicação e a importância da aquisição de competências culturais respetivas a esta população
  • O papel de organizações de base comunitária
  • A história clínica em saúde sexual
  • Prevenção primária (ex. Vacinação, PPE e PrEP) e exames de rastreio adequados a cada indivíduo
  • Vigilância epidemiológica e intervenção em Saúde Pública
  • Práticas sexuais e redução de risco
    • Mulheres que têm sexo com outras mulheres (MSM)
    • Homens que têm sexo com outros homens (HSH)
    • Mulheres trans
    • Homens trans
  • Infeções sexualmente transmissíveis
    • A infeção pelo VIH
    • Hepatite vírica
    • Sífilis
    • Gonorreia, chlamydia e outras ISTs
    • HPV e cancro anorectal
  • O fenómeno do “chemsex”: que substâncias; prevenção e redução de danos; oportunidade para detetar usos problemáticos

Módulo 9 – Intervenção em saúde reprodutiva na população LGBTQ+

  • Saúde reprodutiva e projetos de parentalidade na população LGBTQ+
  • Projetos de construção de família e o recurso à procriação medicamente assistida em casais LGBTQ+:
    • O recurso a técnicas de procriação medicamente assistida (Inseminação intrauterina; Fertilização in vitro) em casais de lésbicas
    • O método ROPA (Fertilização recíproca ou parentalidade biológica partilhada)
    • O recurso à gestação de substituição
  • Preservação da fertilidade em pessoas transgénero
    • Preservação da fertilidade em pessoas transgénero: Opções e técnicas
    • Projetos de construção de família e o recurso à procriação medicamente assistida em pessoas transgénero

Módulo 10 – Terapia focada na compaixão (TFC) aplicada a minorias sexuais e de género

  • Modelo Evolucionário
    • Teoria das Mentalidades Sociais
    • Tricky brain
    • Três Sistemas de Regulação do Afeto
  • A Compaixão
    • Definição
    • Fluxos da compaixão
    • Medos da compaixão
  • Emoções autoconscientes
    • Modelo Evolucionário e Biopsicossocial da Vergonha
  • Múltiplos Eus:
    • Autocriticismo
    • Autocompaixão
  • Intervenção
    • Formulação de casos
    • Dinâmicas e exercícios práticos

Módulo 11 – Intervenção com casais LGBTQ+

  • A intervenção sistémica e de casal afirmativa
  • Especificidades dos relacionamentos íntimos de pessoas LGBTQ+
    • Intervenção com casais de gays
    • Intervenção com casais de lésbicas
    • Intervenção nas relações não monogâmicas consensuais
    • Intervenção nos relacionamentos íntimos de pessoas plurissexuais, intersexuais e transgénero

Módulo 12 – Intervenção com mães e pais LGBTQ+: a experiência da homoparentalidade

  • Atitudes face à Homoparentalidade
    • Atitudes face à Homoparentalidade: um panorama mundial
    • Atitudes face à Homoparentalidade em Portugal
  • Parentalidade prospetiva em famílias LGBTQ+
    • Fatores que influenciam a parentalidade prospetiva em pessoas LGBTQ+
    • Pessoas LGBTQ+ em Portugal: enquadramento legal e prática clínica
  • A parentalidade vivenciada por famílias LGBTQ+
    • Famílias e as suas diferentes configurações familiares: a família arco-íris
    • Stress minoritário: Vivência de preconceitos e estigma por famílias LGBTQ+ com filhos/as
    • Casos práticos
  • Famílias LGBTQ+ e Resiliência Familiar
    • Rede de Apoio e famílias LGBTQ+
    • Linhas de orientação para a prática profissional no âmbito da intervenção com famílias LGBTQ+

Módulo 13 – Intervenção com famílias de pessoas LGBTQ+

  • Coming out e família
    • (Des)Configurações familiares e vivências LGBTQ+
    • A importância do apoio familiar
  • O processo de interiorização
    • As primeiras perceções
    • Reação inicial
    • Dificuldades e estratégias de resolução
  • Coming out familiar
    • Família nuclear
    • Família alargada
    • Outras pessoas significativas
  • Apoios e recursos

Módulo 14 – Intervenção na violência doméstica entre pessoas LGBTQ+

  • A Violência nas Relações de Intimidade
    • Distinção conceptual entre Violência de Género, Violência Doméstica, Violência familiar e Violência nas relações de intimidade
  • Enquadramento jurídico-penal
  • Dinâmicas e processos associados à violência doméstica
    • Ciclo da violência
    • Poder e controlo
  • Especificidades da violência contra pessoas LGBTQ+
    • Especificidades da violência doméstica entre mulheres
    • Especificidades da violência doméstica entre homens
    • Especificidades da violência doméstica contra jovens LGB
    • Especificidades da violência doméstica contra pessoas Trans e Intersexo
    • Discussão de casos e experiências
    • Boas práticas no atendimento a vítimas LGBTQ+
    • Estruturas e serviços de apoio às vítimas de violência doméstica LGBTQ+

CORPO DOCENTE

Ana Silva

Ana Silva, Mestre

Mestre em Psicologia do Comportamento Desviante e da Justiça, pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto, com uma tese sobre relações familiares (família nuclear e família alargada) em famílias de pessoas trans*. Realizou o seu ano de psicóloga júnior na AMPLOS – Associação de Mães e Pais pela Liberdade de Orientação Sexual e Identidade de Género (intervenção psicológica com famílias de pessoas LGBTQ+). Coordenadora técnica do projeto AMPLIANDO FAMÍLIAS, da responsabilidade da AMPLOS. Ativista pelos Direitos Humanos, principalmente na defesa e promoção dos direitos das pessoas LGBTQ+.

Carolina Biasutti

Carolina Biasutti, Mestre

Graduada em Psicologia pela Universidade Federal do Espírito Santo, e Mestre em Psicologia do Desenvolvimento pelo Programa de Pós-Graduação em Psicologia da UFES/Brasil. Atuou como Psicóloga Hospitalar em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal e Pediátrica (UTIN/UTIP) e como docente na Faculdade Multivix Serra. Atualmente desempenha sua prática profissional como Psicóloga Clínica e cursa doutorado pelo Programa de Pós-Graduação em Psicologia da UFES, com período de doutoramento sandwich na Universidade do Porto. Em seus interesses de investigação, tem foco no desenvolvimento humano, principalmente nos seguintes temas: desenvolvimento infantil, famílias, parentalidade, relações entre pais e filhos, fatores de risco e de proteção para o desenvolvimento na família e resiliência familiar. Desenvolveu pesquisa anterior sobre adoções monoparentais e homoparentais, e o tema central do doutoramento é a vivência da parentalidade por famílias LGB em diferentes contextos: um estudo com famílias brasileiras e portuguesas. Acredita que as diferentes composições familiares possuem valiosas experiências que devem ser partilhadas, e que é papel dos/as psicólogos/as na prática clínica e profissional desmistificar estigmas e auxiliar na promoção de mudanças a nível individual e cultural na sociedade, tornando-a um espaço seguro e mais acolhedor para as diversas formas de expressão humana.

Daniel Seabra

Daniel Seabra, Mestre

Doutorando no Centro de Investigação e Neuropsicologia e Intervenções Cognitivo-Comportamentais (CINEICC) e Mestre em Psicologia Clínica (Intervenções Cognitivo-Comportamentais nas Perturbações Psicológicas e da Saúde pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra). O foco da sua investigação prende-se com as questões LGBTQ+, englobando a abordagem clínica (terapias contextuais e saúde mental) e social (discriminação e estigma). Membro efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses (21077) integra as equipas do Projeto Cores Univers@s e da Consulta de Diversidade Sexual e Identidade de Género (FPCE-UC) como psicólogo clínico. Formador (F672364/2018) com especialização em Igualdade de Género.

Daniela Leal

Daniela Leal, Mestre

Psicóloga, Investigadora de Doutoramento com o projeto “Parenting processes and social networks among lesbian, gay, bisexual and heterosexual persons: a dyadic, intergenerational, and cross-cultural approach”, financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia. Com formação em igualdade de género, intervenção familiar e violência doméstica, tem ainda a formação de Técnica de Apoio à Vítima. É autora e coautora de várias publicações e comunicações científicas nacionais e internacionais sobre diversidade sexual e de género. Enquanto ativista, é membro da It Gets Better Portugal.

Diogo Figueira

Diogo Figueira, Mestre

Licenciado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade do Porto, Mestre em Direito da Família pela Escola de Direito da Universidade Católica Portuguesa no âmbito de dissertação de mestrado sobre a parentalidade homoafetiva. Trabalha atualmente como Advogado in-house e coordenador de departamento jurídico de empresa do Grupo Salvador Caetano. Ciente do papel potencialmente facilitador e transformador que um Advogado pode ter em questões sociais, colaborou, em regime pro bono, com a Associação CASA – Centro Avançado de Sexualidades e Afectos e com a Associação Projeto Criar, através de consultas e patrocínio jurídico orientados para as questões LGBTQ+. Coautor do Manual de Boas Práticas para as Comissões de Proteção de Crianças e Jovens, é ainda formador e palestrante na área do Direito da Família. Procura, desde então, manter-se ativo e interventivo no âmbito da temática LGBTQ+.

Hugo Silva

Hugo Silva, Dr.

Licenciado em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa em 1999. Terminou a Especialidade em Medicina Geral e Familiar em 2005, exercendo como médico de família desde essa data. Integrou uma Unidade de Saúde familiar, na qual foi elemento do Conselho Técnico, que implicou ser responsável pela monitorização da qualidade dos processos da unidade de saúde. É Coordenador da mesma unidade desde 2015, sendo responsável pelo processo de acreditação da unidade em 2018 e orientador de internos da especialidade de Medicina Geral e Familiar desde 2008. Acredita que os cuidados de saúde primários são imprescindíveis na mudança social, familiar e pessoal e, por isso, devem também ser um foco de intervenção para a qual a formação de profissionais é imprescindível para se poder ter uma linguagem mais inclusiva, particularmente no que concerne às questões da população LGBTQ+.

João Roxo

João Roxo, Dr.

Licenciado em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa desde 2004. Especialista em Medicina Interna desde 2011, colaborando na Consulta de Infeciologia e Hepatites víricas do Hospital de Santo António dos Capuchos desde 2006.

Colaborou no Projecto “Red-Light” da Associação Positivo de 2007 a 2012, prestando cuidados de saúde a trabalhadorxs do sexo (de géneros diversos). Colabora com o GAT desde 2017, integrando a equipa médica do CheckpointLx e foi um dos promotores da campanha conjunta entre GAT/CheckpointLx e Kosmicare sobre “Chemsex”.

Para além da sua experiência profissional, há a referir a sua atividade como ativista feminista e LGBTQ+

Jorge Gato

Jorge Gato, Professor Doutor

Jorge Gato é Licenciado em Psicologia e Mestre em Psicologia Clínica Cognitivo-Comportamental e Sistémica pela Universidade de Coimbra. Doutorou-se em Psicologia na Universidade do Porto, com uma tese sobre homoparentalidade. É Terapeuta Sistémico e Familiar pela Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar e especialista em Psicologia Clínica e da Saúde pela Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP), com Especialidade Avançada em Psicoterapia pela OPP. Atualmente é Investigador no Centro de Psicologia da Universidade do Porto. Os seus interesses de investigação repartem-se pela Psicologia LGBTQ+, Família e Género, assuntos sobre os quais tem publicado a nível nacional e internacional. Está convicto de que os/as psicólogos/as têm um papel imprescindível na sociedade contemporânea, quer a nível da promoção da mudança pessoal, quer da mudança social. Nesta medida, além do trabalho clínico e de investigação, intervém ativamente na defesa dos direitos humanos das pessoas LGBTQ+.

Mariana Moura Ramos

Mariana Moura Ramos, Professora Doutora

Licenciada, Mestre e Doutorada em Psicologia pela FPCE – Universidade de Coimbra; Investigadora no Instituto de Psicologia Cognitiva, Desenvolvimento Vocacional e Social (IPCDVS) da FPCE – Universidade de Coimbra; Psicóloga Clínica; Docente da Universidade Lusíada do Porto. Orientadora de estágios na Universidade Lusíada do Porto.

Miguel Francisco Filipe

Miguel Francisco Filipe, Mestre

Licenciado em Ciências Psicológicas e Mestre em Psicologia Clínica e da Saúde, com uma especialização em Psicologia Clínica Sistémica, pela Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa. Tendo iniciado o seu percurso enquanto investigador com um estudo acerca das repercussões emocionais do cyberbullying, no âmbito da sua dissertação de Mestrado conduziu um estudo com casais do mesmo género focado na vivência e coconstrução dos papéis de género e, desde aí, tem vindo a colaborar noutros projetos de investigação focados nas experiências das pessoas LGBTQ+. Atualmente é Psicólogo Júnior na Associação Casa Estrela do Mar – Centro Terapêutico Multissistémico para Adolescentes e Famílias, onde intervém com adolescentes, adultos, casais e famílias.

Sara Forte

Sara Forte, Mestre

Licenciada em Psicologia e Mestre em Psicologia Clínica - Cognitivo Comportamental pelo Instituto Superior Miguel Torga em Coimbra.

É Técnica de Apoio à Vítima, portadora do CCP e tem especialização em Igualdade de Género, Psicopatologia do Adulto ao Idoso e em Sexologia Clínica, tendo realizado um estágio na consulta de sexologia clínica do Hospital Magalhães Lemos, com a supervisão da Dra. Zélia Figueiredo, onde permanece como colaboradora externa voluntária.

Ao longo do seu percurso profissional, tem-se dedicado, sobretudo, ao estudo e trabalho na área da diversidade social, mais especificamente no que diz respeito a questões de orientação sexual, identidade de género e características sexuais. Estagiou na CASA - Centro Avançado de Sexualidades e Afectos e na JANO - Associação de Apoio a Pessoas com Disforia de Género, tendo, posteriormente, integrado a associação como psicóloga. A posteriori, trabalhou como psicóloga, TAV e coordenadora executiva no Centro Gis - Centro de Respostas à População LGBTQ+ da Associação Plano i.

Atualmente, exerce funções na ACTIVAR - CLDS 4G - Lousã Activa, na Linha de Saúde 24 e enquanto Formadora e Consultora, em regime remoto, na Plataforma Bioksan, um projeto da Fundação Ana Pereira, sediada na Guiné-Bissau, cujos objetivos incidem, sobretudo, na protecção da saúde, defesa dos direitos humanos das mulheres e crianças, bem como a promoção da igualdade e equidade de género.

Telmo Fernandes

Telmo Fernandes, Mestre

Licenciado em Sociologia em 2001, iniciou a partir daí um percurso profissional na área de educação e formação de adultos. Paralelamente, foi voluntário em organizações LGBTQ+, onde desenvolveu trabalho de comunidade, sensibilização de públicos chave e investigação sobre temáticas relacionadas com a discriminação, direitos humanos e crimes de ódio, com um enfoque em particular no contexto educativo. Concluiu recentemente um mestrado em Ciências da Educação e desenvolve agora uma investigação de doutoramento sobre o bem-estar e saúde mental de jovens LGBTQ+.

Tiago Castro

Tiago Castro, Mestre

Brevemente disponível.

Zélia Figueiredo

Zélia Figueiredo, Dra.

Médica Psiquiatra desde 1978, terapeuta familiar pela Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar e Terapeuta Sexual pela Sociedade Portuguesa de Sexologia Clínica. Desde 1992 é responsável pela Consulta de Sexologia e pela Unidade de Terapia Familiar do Hospital Magalhães de Lemos.

CALENDARIZAÇÃO E LOCALIZAÇÃO

Porto Livestream / Online Lisboa

22 de outubro de 2022;

26 de novembro de 2022;

17 de dezembro de 2022;

14 e 28 de janeiro de 2023;

11 e 25 de fevereiro de 2023;

11 e 25 de março de 2023;

15 e 29 de abril de 2023;

13 e 27 de maio de 2023.

22 de outubro de 2022;

26 de novembro de 2022;

17 de dezembro de 2022;

14 e 28 de janeiro de 2023;

11 e 25 de fevereiro de 2023;

11 e 25 de março de 2023;

15 e 29 de abril de 2023;

13 e 27 de maio de 2023.

15 de outubro de 2022;

12 e 26 de novembro de 2022;

10 de dezembro de 2022;

07 e 21 de janeiro de 2023;

04 e 18 de fevereiro de 2023;

04 e 18 de março de 2023;

01 e 22 de abril de 2023;

06 de maio de 2023.

Instituto Português de Psicologia e Outras Ciências

Rua de Camões 219, 5º Piso

4000-145 Porto, Portugal

Plataforma Online

Instituto Português de Psicologia e Outras Ciências

Hotel Travel Park Lisboa

Avenida Almirante Reis 64

1150-020 Lisboa, Portugal

Número de Vagas: limitadas.

Duração: 138 horas (100 horas presenciais + 38 horas não presenciais)

Nota: datas sujeitas a eventuais alterações.

Horário: Sábados e/ou Domingos (09h00 às 13h00 / 14h00 às 18h00) e/ou Pós-Laboral (18h00 às 22h00).

A modalidade presencial poderá vigorar em alternância com a modalidade não presencial.

 

INVESTIMENTO

Inscrição:

150.00 €

Propina:

1,290.00 €

Seguro escolar:

20.00 €

Condições de pagamento da propina

Pronto pagamento-12% desconto

Normal + Seguro Escolar
1,135.20 € + 20.00 €
(Ex) Alunos do INSPSIC (15% desconto) + Seguro Escolar
1,096.50 € + 20.00 €
Inscrições Pioneiras (18% desconto)

Lisboa até 31 Ago. 2022 / Porto até 07 Set. 2022 / Livestream / Online até 07 Set. 2022

1,057.80 € + 20.00 €

12 mensalidades

Normal
107.50 €
(Ex) Alunos do INSPSIC (10% desconto)
96.80 €
Inscrições Pioneiras (18% desconto)

Lisboa até 31 Ago. 2022 / Porto até 07 Set. 2022 / Livestream / Online até 07 Set. 2022

88.20 € + 20.00 €

(1) Pronto pagamento beneficia de 12% de desconto nas propinas das EAP e MBA. Desconto aplicável na condição de ser efectivada a liquidação total do investimento nos 5 dias úteis pós validação da inscrição.

(2) Alunos e ex-alunos do INSPSIC beneficiam de 15% desconto na propina (opção pronto pagamento) ou 10% de desconto na opção pagamento fraccionado em mensalidades.

(3) Estudantes externos e temporariamente inativos beneficiam de 12% na opção pronto pagamento e também na opção pagamento fracionado em mensalidades.

(4) TRAGA UM AMIGO / 5% desconto por cada amigo até ao limite do pagamento integral da formação. Opção acumulável com outros descontos em vigor.

- INSCRIÇÕES PIONEIRAS: 18% desconto nas propinas se realizadas até 45 dias antes da data inicial da formação.

Nenhum desconto, cartão ou campanha é acumulável entre si, excepto Com a opção "TRAGA UM AMIGO".

O Curso com “preço especial” é cumulativo apenas com a opção "TRAGA UM AMIGO".

Seguro Escolar: 20 euros. Este valor deverá ser regularizado conjuntamente com a 1ª propina ou com o pronto pagamento.

Seguro Escolar: 8 euros. Este valor deverá ser regularizado conjuntamente com a 1ª propina ou com o pronto pagamento dos cursos com duração inferior a 24 horas.

Pagamento por transferência para o IBAN: PT50 0033 0000 4541 1532 8050 5

SWIFT/BIC: BCOMPTPL

Critérios de seleção

- Análise Curricular;

- Ordem de chegada das candidaturas (a candidatura só é válida após pagamento da inscrição);

- Entrevista (se necessário)

Observações

(1) A data limite poderá ser antecipada em caso de se verificar o preenchimento do limite de vagas existentes.
(2) Na eventualidade de não atingir o número mínimo de participantes, esta formação poderá sofrer alteração de datas ou mesmo ser cancelada, ficando salvaguardada a devolução de todas as importâncias recebidas pelo Instituto Português de Psicologia;
(3) Em caso de desistência só haverá lugar à devolução da candidatura quando a mesma for comunicada até 10 dias úteis antes da data agendada para o arranque da formação.
(4) Em períodos de campanha, haverá lugar à devolução dos valores investidos unicamente em situação de adiamento superior a 30 dias ou cancelamento da formação em que se tenha inscrito motivado pelo não atingimento do número mínimo de inscrições necessárias ao seu início;
(5) No caso de optar pelo pagamento fracionado das propinas, o mesmo deverá ser efetuado até ao dia 10 de cada mês, após início da formação;
(6) No caso de optar pelo pagamento na totalidade, o mesmo terá de ser efetuado nos 5 dias úteis após validação da inscrição;
(7) O local de formação poderá estar sujeito a alterações por indisponibilidade do mesmo, mantendo-se sempre na mesma cidade;
(8) Toda a informação contida em cada formação é válida, salvo anomalia técnica, informática ou erro gráfico.

Documentos obrigatórios

CV

Certificado de habilitações

Cartão de Cidadão (nos termos da Lei 32/2017)

Envio de comprovativo do pagamento da inscrição.

Inscrição

Subscreva a newsletter do INSPSIC: Construímos o Futuro Consigo.

Candidaturas e informações

Instituto Português de Psicologia | Escola de Formação Avançada
INSPSIC - Instituto Português de Psicologia, Lda
Departamento de Formação Pré e Pós-Universitária
Secretariado e Gabinete de Admissão de Alunos | Student Admissions Office
Rua de Camões Nº 219, 5º Piso
4000-145 Porto / Portugal
Tel./Fax. 220 934 050
Tlm. 91 019 60 02
E-mail:geral@inspsic.pt
URL:www.inspsic.pt

fechar

 

Nós ligamos

fechar